sábado, 28 de janeiro de 2017

Os tucanos engordaram o Eike


MEME.jpg Tourinho, Príncipe, Malan e Ellen Gracie levaram o Eike para a sala de jantar da Casa Grande O Eike Batista, já devidamente destruído pelo PiG, foi o principal alvo de mais um espetáculo da Lava Jato na última quinta-feira, 26. Como sustenta o Conversa Afiada, prender gato morto é fácil. Desde a manhã de quinta-feira, a cobertura do PiG se limita a: * tentar adivinhar o "paradeiro" de Eike; * e confabular sobre o que pode acontecer no caso de ele chegar à Alemanha Mas, em meio a isso, uma pergunta fica no ar: e os conselheiros de suas empresas? Ou, melhor ainda, os ex-conselheiros de suas empresas? Moro e os dallagnóis vão investigar o Pedro Malan? E o Rodolpho Tourinho Neto? A Ellen Gracie? Todos eles deixaram o Conselho de Administração da OGX, um dos braços do grupo de Eike, em junho de 2013. Vale lembrar que pesava contra eles as suspeitas de "manipulação de mercado" e "falsificação de documentos". Pedro Malan, o PhD de Berkley, foi ministro da Fazenda do Príncipe da Privataria, entre 1995 e 2002. Tourinho ocupou a pasta de Minas e Energia entre 1999 e 2001, já na reta final do desastroso segundo mandato do tucano. Ellen Gracie foi presidente do Supremo Tribunal Federal e do Conselho Nacional de Justiça entre 2006 e 2008. Lá chegou por indicação do Príncipe da Privataria. E, na Presidência do Supremo, tomou uma das decisões que honram a Magistratura Ocidental: ela decidiu que Daniel Dantas não é Daniel Dantas, mas, sim, Daniel Dantas quando tentaram abrir o cofre do Daniel Dantas e ela não deixou: porque ele não é o Daniel Dantas, ou melhor, era... Vai encanar os três, Moro? E o Janot, que só procura o que quer achar? Em tempo: Ministro (sic) Moraes, como é que o Eike viaja para o exterior NA VÉSPERA de ser preso ? Que esculhambação é essa? Será que a Polícia Aecista Federal será capaz de explicar ? O delegado Igor, por exemplo ? https://www.conversaafiada.com.br/brasil/os-tucanos-engordaram-o-eike

Nenhum comentário:

Postar um comentário