sexta-feira, 6 de junho de 2008

Mutirão contra a Dengue na Vila União e Cidade José Euclides


Nesta quinta-feira 5, os bairros Vila União e Cidade José Euclides, a Secretaria da Saúde e Ação Social realizou mais uma mobilização de combate ao mosquito da Dengue. O Secretario da Saúde, Carlos Hilton, compareceu ao evento e destacou a importância das ações preventivas nos bairros visitados. “Nós estamos de uma forma intensa e continuada, fazendo este mutirões junto com estas forças parceiras. Mas a força maior, que nós sempre vamos ter para controlar a Dengue, é a força da cidadania, a força da sociedade. Não pode se pensar em controlar a dengue sem as mobilizações sociais”, disse o Secretário. “Apesar do Prefeito Leônidas Cristino não estar participando desse momento, pois encontra-se em Brasília, numa outra missão que lhe exige o cargo, antes de viajar, ele determinou, pessoalmente, a todos os secretários, que mesmo na sua ausência, esse trabalho não se interrompa, isso mostra a sensibilidade e o envolvimento que o Prefeito tem junto às comunidades e seu compromisso com a saúde pública”, ressaltou Carlos Hilton, agradecendo o apoio dos demais secretários que estão sempre apoiando os mutirões contra a Dengue.

O encontro dos profissionais, das diversas secretarias da Prefeitura Municipal, envolvidos no combate a Dengue, aconteceu no campo de futebol do Bairro da Vila União. De lá, eles saíram pelos bairros realizando ações de orientação e prevenção contra a proliferação do mosquito Aedes aegypti, visitando os domicílios e distribuindo material contendo orientações contra a dengue. A presença da população foi marcante, especialmente grupos de senhoras da terceira idade, integrantes do Projeto Venci o Tempo, Vencerei a Dengue.

O comerciante Sebastião Moreira, proprietário de um lanche-bar, abriu as portas do seu estabelecimento para os agentes de combate a endemias e aprovou a ação da Secretaria da Saúde e Ação Social.“A Prefeitura está fazendo a parte dela, informando os moradores do bairro sobre o perigo da Dengue, mandando seus agentes para visitar as casas e eliminando os focos do mosquito. Essa atitude merece nosso apoio, mas todos temos que colaborar, para que a Dengue não infeste nosso bairro”, ressalta o comerciante, que diz já ter sido vítima da Dengue e teme ser contaminado uma segunda vez. “Esta doença é terrível, a gente pensa que vai morrer, eu não quero pegar de novo não”, disse Sebastião Moreira.

Índice

O trabalho que vem sendo desenvolvido pela Secretaria da Saúde e Ação Social faz parte da Estratégia de Gestão Integrada de Prevenção e Controle da Dengue, política lançada pelo prefeito Leônidas Cristino que integra ações em parceria com secretarias municipais, instituições sociais e comunidades. Como apoio, as equipes contam com ajuda de retro-escavadeiras, caçambas, roçadeiras mecânicas, caminhão carroceria e uma patrol. Dados do Centro de Controle de Zoonoses revelam que o município de Sobral possui, de acordo com o último ciclo de visitas, o índice de infestação predial de 0,5%, estando abaixo do menor índice recomendado pelo Ministério da Saúde, que considera que municípios com índices acima de 1% devem estar em estado de alerta. Seguindo a política de intensificação de combate a Dengue, mobilizações intersetoriais como esta devem continuar nos demais bairros e distritos de Sobral que apresentarem índices acima da média do município.

Nenhum comentário:

Postar um comentário