terça-feira, 8 de agosto de 2017

Dilma: na CLT do golpe, dono do capital impõe o que quiser ao trabalhador


247 - A presidente eleita e afastada pelo golpe parlamentar, Dilma Rousseff, comentou em sua conta no Twitter nesta terça-feira 8 sobre "mais um direito roubado dos trabalhadores" após a aprovação da reforma trabalhista do governo Michel Temer.

"Hoje, os jornais explicam mais um direito roubado dos trabalhadores: 'por acordo', os feriados podem ser suspensos e adiados. Um crime contra o empregado: feriado é direito de todos, trabalhar em feriado implica receber em dobro. Mas esta regra foi revogada", postou Dilma.

A presidente deposta destacou que, "na CLT do golpe, o acordado acima do legislado significa, apenas, que o dono do capital impõe o que quiser ao trabalhador". Segundo ela, "vai ser no chão da fábrica, no escritório, no local em que luta pelo pão que o trabalhador descobrirá o mal que o golpe fez a ele".

Fonte: https://www.brasil247.com/pt/247/brasil/310670/Dilma-na-CLT-do-golpe-dono-do-capital-imp%C3%B5e-o-que-quiser-ao-trabalhador.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário