segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Ao lado de FHC, Barroso condena impeachment

 

:

Responsável pela decisão que obriga a votação das contas da presidente Dilma Rousseff pelo Congresso Nacional, o ministro do Supremo Tribunal Federal, Luís Roberto Barroso, afirmou nesta segunda-feira (17) que o país não pode trocar seu "patrimônio institucional" apenas para realizar o impeachment da mandatária do país.

"Nós precisamos ter o cuidado no Brasil de não trocar o nosso patrimônio institucional para abreviar o tempo de um governo que se tornou impopular", disse Barroso, durante palestra no Instituto Fernando Henrique Cardoso, em São Paulo. "O varejo da política não pode derrotar as instituições", completou o magistrado, ao lado do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

Na palestra, Barroso ponderou, entretanto, que o impeachment não é hipótese descartada. "Claro que, se houver alguma coisa que institucionalmente permita a mudança, a vida seguirá o seu curso", disse. O ministro justificou sua fala ao dizer que "os ministros do Supremo são garantidores da Constitucional e, portanto, das instituições".

http://www.brasil247.com/pt/247/brasil/193310/Ao-lado-de-FHC-Barroso-condena-impeachment.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário