quarta-feira, 2 de novembro de 2016

PEC QUE CONGELA GASTOS SÓ É BOA PARA O SETOR FINANCEIRO, DIZ HUMBERTO COSTA

Jefferson Rudy/Agência Senado Agência Senado - O senador Humberto Costa (PT-PE) disse que vai combater diuturnamente a proposta de emenda à Constituição que limita os gastos públicos (PEC 55/2016) por considerá-la nociva ao país.
Para ele, se o governo Michel Temer quer mesmo a retomada do crescimento, deve promover uma reforma tributária, de modo que os mais ricos passem a contribuir mais.
O senador também discorda da tese segundo a qual a proposta permitirá trazer de volta a confiança do investidor privado. Segundo ele, o investimento privado também depende do investimento público, que sempre foi fundamental para garantir o crescimento econômico.
- É preciso investir no social, em saúde. É assim que se cresce - afirmou, acrescentando que a proposta do governo, do jeito que está, somente será boa para o setor financeiro.
- Eu pergunto aos gênios, elaboradores dessa PEC, em que momento em nosso país, na sua história contemporânea, nós vimos o Brasil crescer, se desenvolver sem que houvesse uma participação decisiva de investimentos públicos e de gastos públicos? - questionou o senador, em pronunciamento no Plenário do Senado nesta terça-feira (1º).
http://www.brasil247.com/pt/247/pernambuco247/263421/PEC-que-congela-gastos-s%C3%B3-%C3%A9-boa-para-o-setor-financeiro-diz-Humberto-Costa.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário