terça-feira, 1 de novembro de 2016

DERROTADO EM MACEIÓ, RENAN ACUSA CANDIDATO TUCANO DE COMPRA DE VOTOS

Alagoas 247 - O presidente do Senado, Renan Calheiros, ainda não digeriu a derrota de seu candidato nas eleições para a Prefeitura de Maceió. O cacique peemedebista divulgou nota em que acusa o prefeito reeleito, Rui Palmeira (PSDB), que obteve 60,27% dos votos válidos, de compra de votos no pleito municipal, diz reportagem de O Estado de S.Paulo.
Candidato da família Calheiros, Cícero Almeida, com quem o tucano disputava o segundo turno, recebeu 39,73% dos votos válidos.
Em uma nota assinada como presidente estadual do PMDB, Renan metralhou: "Quem recorre à compra de votos e monta cadastros de eleitores é Rui Palmeira, não eu. Sabe disso muito bem quem esteve nas eleições de que ele participou".
"O peemedebista também lembra da ocasião em que convidou o tucano para ocupar uma cargo de confiança no Senado. E afirma que o prefeito eleito não tinha preparo, não gostava de trabalhar e fazia pouco caso do dinheiro público. Em outro trecho, o senador chama Palmeira de arrogante, presunçoso, deslumbrado e invejoso. "Devo dizer que a eleição de Rui Palmeira, de certa forma, me alivia. Isso porque não me verei novamente na obrigação de dar-lhe emprego no Senado. Depois de Rui ter perdido uma eleição, tive que contratá-lo no Senado. Foi um erro, humildemente reconheço. Rui Palmeira não tinha preparo e não gostava de trabalhar", escreve.
Em nota, o prefeito eleito Rui Palmeira (PSDB) disse que lamenta e repudia as declarações feitas por Renan. "Do mesmo modo, Rui Palmeira acredita que a sociedade é testemunha da correção que pauta sua trajetória pessoal, profissional e política", enfatizou."
http://www.brasil247.com/pt/247/alagoas247/263300/Derrotado-em-Macei%C3%B3-Renan-acusa-candidato-tucano-de-compra-de-votos.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário