segunda-feira, 21 de novembro de 2016

TEMER SE NEGA A COMENTAR CRIME COMETIDO POR GEDDEL

José Cruz/Agência Brasil 247 - O presidente Michel Temer segue sem oferecer satisfações à população sobre o crime cometido por seu braço-direito, o ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima. Questionado sobre que providências tomaria, a assessoria da Presidência informou que não haveria manifestação de Temer sobre o assunto. Em conversas reservadas, o presidente tem indicado que por enquanto não pretende afastar o ministro. Nas palavras de um assessor, ele irá esperar a repercussão do episódio para tomar uma decisão.
As informações são da Folha de S.Paulo.
"O presidente Michel Temer se recusou a responder neste domingo (20) se considerou normal a atitude do ministro Geddel Vieira Lima de ter tratado na esfera governamental da liberação de um empreendimento imobiliário no qual detém apartamento.
A Folha enviou perguntas à Presidência sobre a acusação do ex-ministro Marcelo Calero de que teria sido pressionado por Geddel a mudar parecer técnico contra a obra."
http://www.brasil247.com/pt/247/poder/266352/Temer-se-nega-a-comentar-crime-cometido-por-Geddel.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário