domingo, 6 de novembro de 2016

‘REFORMA DE TEMER QUEBRA ESPINHA DORSAL DA CLT’

247 - Em artigo publicado no jornal O Estado de São Paulo, o professor Sociologia do Trabalho da Unicamp Ricardo Antunes avalia que a reforma proposta por Michel Temer vai enfraquecer os direitos trabalhistas dos brasileiros.
"Em clara sintonia com a formulação da CNI, o documento Uma Ponte para o Futuro, do PMDB de Michel Temer, defende a aprovação imediata do "negociado sobre o legislado" nas relações de trabalho. Se isso se efetivar, será finalmente quebrada a espinha dorsal da CLT, em um período cujo desemprego explosivo já está na casa dos 12 milhões de trabalhadores, segundo os últimos dados do IBGE", analisa Antunes.
"O resultado é no mínimo sombrio para o mundo do trabalho e presenciaremos a generalização de um novo dicionário empresarial: teremos "uberização" ampliada para todas as profissões, "pejotização" alargada nos mais variados ramos de atividade econômica, trabalho "voluntário" que mais seremos "obrigados" a fazer para sobreviver", diz o sociólogo.
Leia a íntegra do artigo.
http://www.brasil247.com/pt/247/brasil/264108/%E2%80%98Reforma-de-Temer-quebra-espinha-dorsal-da-CLT%E2%80%99.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário