segunda-feira, 21 de novembro de 2016

MOREIRA FRANCO COLOCA GEDDEL NA FRIGIDEIRA

247 - Um dos assessores mais próximos de Michel Temer, o secretário do Programa de Parceria de Investimentos (PPI), Moreira Franco, disse que a permanência do ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, no cargo está sendo avaliada com cuidado pelo governo.
Segundo Moreira Franco, "o presidente está debruçado sobre a questão" visando encontrar uma solução "que sirva ao governo e ao País". Ainda segundo o secretário do PPI, Temer "está muito preocupado" com a denúncia do ex-ministro da Cultura Marcelo Calero de que Geddel teria incorrido nos crimes de tráfico de influência e corrupção. "O PMDB não se organizou para fazer delito", disse Moreira Franco.
Geddel foi acusado por Calero de pressioná-lo a aprovar o projeto de uma obra imobiliária em Salvador (BA) que havia sido embargada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Geddel tem um imóvel no condomínio, que seria erguido em uma área tombada. No fim de semana, o ministro admitiu possuir um imóvel no prédio, mas nega ter feito algum tipo de pressão.
Segundo Moreira Franco, Michel Temer "está muito preocupado" e "certamente haverá de encontrar uma solução que sirva ao governo, que sirva sobretudo ao País, no sentido de se ter regras que sejam claras, transparentes". Ele não descartou um possível afastamento do ministro. "Não afasto, nem afirmo. Como eu disse, o presidente vai estar debruçado sobre essa questão".
http://www.brasil247.com/pt/247/poder/266422/Moreira-Franco-coloca-Geddel-na-frigideira.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário