segunda-feira, 8 de abril de 2019

Forças Armadas investigarão fuzilamento de carro no Rio


Reprodução

<?XML:NAMESPACE PREFIX = "[default] http://www.w3.org/2000/svg" NS = "http://www.w3.org/2000/svg" />

A Polícia Civil do Rio de Janeiro informou que o Exército é que ficará responsável pela investigação do fuzilamento de um carro em Guadalupe, na Zona Norte. Um homem de 51 anos que dirigia o carro morreu; o veículo sofreu 80 tiros; os agentes das Forças Armadas teriam confundido com o automóvel de assaltantes

8 de Abril de 2019 às 12:11

247 - A Polícia Civil do Rio de Janeiro informou que o Exército é que ficará responsável pela investigação do fuzilamento de um carro em Guadalupe, na Zona Norte. Um homem de 51 anos que dirigia o carro morreu. O veículo sofreu 80 tiros. Os agentes das Forças Armadas teriam confundido com o automóvel de assaltantes.

Segundo uma lei de 2017, sancionada pelo então presidente Michel Temer, rimes dolosos contra a vida, cometidos por militares das Forças Armadas, serão investigados pela Justiça Militar da União, se o crime acontecer nos seguintes contextos: do cumprimento de atribuições que lhes forem estabelecidas pelo Presidente da República ou pelo Ministro de Estado da Defesa;  ação que envolva a segurança de instituição militar ou de missão militar, mesmo que não beligerante; ou Ver tópico; ou de atividade de natureza militar, de operação de paz, de garantia da lei e da ordem ou de atribuição subsidiária.

Fonte: https://www.brasil247.com/pt/247/sudeste/389530/For%C3%A7as-Armadas-investigar%C3%A3o-fuzilamento-de-carro-no-Rio.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário