sexta-feira, 19 de abril de 2019

Em manifesto, artistas e intelectuais pedem Lula Livre


Ricardo Stuckert

<?XML:NAMESPACE PREFIX = "[default] http://www.w3.org/2000/svg" NS = "http://www.w3.org/2000/svg" />

"Prenderam Lula para aumentar a repressão ao povo, para fazer valer com mais força a lei da bala contra pobre, negro, trabalhador, enquanto os milionários ficam ainda mais milionários. Lutar pela liberdade de Lula é enfrentar o caos", diz o texto

19 de Abril de 2019 às 06:17

247 – Em manifesto, intelectuais e artistas pedem a libertação de Lula. Já são diversos signatários: Leonardo Boff, Marieta Severo, Raduan Nassar, Martinho da Vila, Arnaldo Antunes, Mia Couto,  Leci Brandão, Fernando Morais, Boaventura de Sousa Santos, José de Abreu, Frei Betto, José Celso Martinez Corrêa, Gilberto Gil, Flora Gil, Chico Buarque, Carol Proner, entre outros. Confira  o manifesto:

PUBLICIDADE

MANIFESTO
O SOM PELA LIBERDADE

“Ninguém vai me acorrentar
Enquanto eu puder cantar
Enquanto eu puder sorrir”
Você já se imaginou, por um mísero minuto sequer, viver privado injustamente da sua liberdade?
Um ano.
Doze meses.
Cinquenta e duas semanas. Trezentos e sessenta e cinco dias.
Oito mil, setecentas e sessenta horas.
Quinhentos e vinte e cinco mil e seiscentos minutos.
Este é o tempo em que Lula se encontra preso.
Hoje, um pouco mais que isso.
O que a prisão de Lula tem a ver com você?
Olhe em volta.
Sabe esse nó na garganta que você sente com o bombardeio diário de problemas, esse sentimento de andar em marcha à ré enquanto crescem ao seu redor os sem emprego, os sem teto, os sem comida?
A angústia de imaginar que, em breve, querem juntar ao bonde dos sem direitos, os sem aposentadoria, os sem universidade, os sem voz?
Não se engane.
Lula é vítima de um processo forjado, de um arranjo ilegal de interesses.
Uma farsa, tendo como pano de fundo um apartamento sem escritura, sem as chaves, que nunca lhe pertenceu e onde não passou uma única noite.
Uma condenação sem provas, feita sob encomenda para atender os desejos de quem quer arrancar os seus direitos na marra.
Um ano se passou e a injustiça continua.
Lula foi impedido de disputar eleições e silenciado.
Sua família foi perseguida.
Uma nova condenação forjada.
Na base da força bruta, insistem em bancar a farsa até as últimas consequências.
A prisão de Lula é um símbolo do nosso retrocesso.
Viramos o país onde o trabalho não tem mais regulação, o salário-mínimo virou lenda e a única liberdade que existe é o aumento da nossa exploração.
Um país que desrespeita os vizinhos latinos e lambe as botas dos Estados Unidos; onde o presidente celebra a ditadura militar e incentiva a perseguição de professores enquanto escolas e universidades não recebem investimento digno; onde um pai de família é assassinado com 80 tiros pelo exército e as autoridades nada dizem; onde ninguém sabe até hoje quem mandou matar Marielle Franco!
Lula foi preso para acabarem com o seu direito de se aposentar. Para garantir que o sonho de entrar na universidade não seja para todos. Para piorar os serviços públicos, diminuir o acesso aos medicamentos, acabar com o Mais Médicos, enterrar a cultura nacional, favorecer os fabricantes de armas e alimentar o medo.
Prenderam Lula para aumentar a repressão ao povo, para fazer valer com mais força a lei da bala contra pobre, negro, trabalhador, enquanto os milionários ficam ainda mais milionários.
Lutar pela liberdade de Lula é enfrentar o caos.
É desatar o nó na garganta que está nos sufocando.
É encarar os irresponsáveis que puseram o Brasil à deriva, exigir justiça e democracia, dignidade e direitos.
O nosso grito por Lula Livre é um imenso coro em defesa da verdade! Vamos, de mãos dadas, construir este imenso cordão por justiça para Lula e para o povo brasileiro!

Assinam o Manifesto: Leonardo Boff, Marieta Severo, Raduan Nassar, Dilma Rousseff, Martinho da Vila, Arnaldo Antunes, Mia Couto, Leci Brandão, Celso Amorim, Mino Carta, Fernando Morais, Boaventura de Sousa Santos, José de Abreu, Maria Victoria de Mesquita Benevides, Frei Betto, José Celso Martinez Corrêa , Gilberto Gil, Flora Gil, Chico Buarque, Carol Proner, Patrícia Melo, John Neschiling, Franklin Martins, Aloizio Mercadante, Gustavo Fernandez, Juca Ferreira, Aderbal Freire Filho, Camila Pitanga, Anna Muylaert , Herson Capri, Celso Frateschi, Emir Sader, Inez Viana, Márcia Miranda, Eric Nepomuceno, Silvio Tendler, Ana de Holanda, Bemvindo Sequeira, Lan Lanh, Osmar Prado, Guta Stresser, Tuca Moraes, Luiz Fernando Lobo, Sérgio Santos, Tadeu di Pietro, Sidney Santiago, Tata Amaral, Yamandu Costa, Silvia Buarque, Malu Valle, Sérgio Mamberti, Débora Duboc , Toni Venturi Amir Haddad, Bete Mendes, Antônio Pitanga, Marina Person, Noca da Portela, Chico Diaz, Bruno Garcia, Luiz Carlos Barreto, Cristina Pereira, Carolina Ziskind, Marat Descartes, Renata Melo, Dora Castelar, Gorete Milagres, Viviane Ferreira, Eliane Café, Leusa Araújo, Ana Cecília Costa, Rodolfo Vaz, Orã Figueiredo, Alcides Nogueira, Duca Rachid, Tomaz Miranda, Augusto Madeira, Preta Ferreira, Rodrigo Lopes Siqueira, Roberta Mello, Anna Carolina Magalhães, Cida de Souza, João Raphael Alves, Leonardo Hinckel, Agnes de Freitas, Nady Oliveira, Tayara Maciel, Luiza Moraes, Idris Bahia, Natalia Gadiolli, Gilberto Miranda, Bernardo Cotrim, Claudia Troiano, Gabriella Gualberto, Camila Victor, Márcio Tavares, Ana Flávia Marx, Bruno Ramos, Warley Alves Barbosa, Laryssa Sampaio, Martha Romano, Wellington Alves, Luisa Gaspar, Manuel Victor, Lígia Miguel, Igor Felippe, Marina Piotto, Tião Carvalho, Sid Farney Lima de Araújo, Maria Jose Alves da Silva, Alfredo Farias da Rocha, Franco De Sa Aiezza, Lila Silva (Josefa Eliana Silva), Erika Vieira Lima Carvalho, Dorival Brandão, Valdir Castiglioni Filho, Redelson Tomaz da Silva, Darlucia Silva, Adnilsom da Silva Lara, Jorge Afonso Maia Mairink, Telma Saraiva dos Santos, Lúcio André de Figueiredo Rodrigues, Maria Teresa  Barbosa Huang, Leonardo Fialho Machado Nogueira, Pericles de Holleben Mello, Fernanda Camargo, Rodrigo Cesar Souza de Macedo, Berenice Perpetua Simão, Vitor Ortiz, Denílson Machado, Marcos Paulo Carvalho Lima, Sebastião Jose Soares, Cicero Belém Filho e EU.

Fonte: Leia matéria completa em: https://www.brasil247.com/pt/247/cultura/390725/Em-manifesto-artistas-e-intelectuais-pedem-Lula-Livre.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário