quinta-feira, 9 de março de 2017

TIJOLAÇO: A “DO LAR” É A MULHER DO “MUNDO TEMER”

Por Fernando Brito, editor do Tijolaço
Michel Temer não é apenas um desastre como presidente da República, não é apenas uma tragédia para o país, não é apenas um político cercado da pior escumalha que a política pode reunir.
Michel Temer é um retrocesso civilizatório.
Seu discurso no Dia Internacional da Mulher, dizendo que a mulher tem uma grande participação na economia do país porque é “capaz de indicar os desajustes de preços em supermercados” é patético.
Será que este homem alguma vez empurrou carrinho no mercado? Será que só sabe diferenciar lagarto de alcatra no menu do restaurante? Será que já viu uma batata com casca?
Reconhecer que pesam, por nossos defeitos, sobre a mulher o peso dos “afazeres domésticos” – e fiz isso hoje – é completamente diferente de fazer o elogio deste trabalho desigual.
Mas tenho de dizer que Temer é apenas um símbolo arcaico de um problema que é muito maior.
É que somos dirigidos, e não só a partir do Palácio do Planalto, por gente que está distanciada da vida real, dura, complicada.
O acanalhamento da política e a proeminência dos sistema judicial na direção do país trouxeram para o comando da vida nacional gente que não tem contato com a vida real.
Gente que não tem contato – e nunca teve – contato com a vida real da maioria da população.
Com mais verniz “politicamente correto” que a manifestação paleozóica de Temer – que retrocede a Freud, inclusive – dizendo que é porque tiveram uma adequada formação em suas casas e, seguramente, isso quem faz não é o homem, é a mulher”.
Isso é uma estupidez, de gente que, desde muito jovem, como esta turma, que cria os filhos com “mucamas” modernas.
Gente que aprende ética como uma abstração, honestidade como “virtude” e não como forma de relacionamento, liberdade como afastamento do trabalho físico e cansativo.
O mundo real é diferente disso.
O mundo real da afirmação feminina foi covardemente golpeado.
Derrubar “a mulher” foi um retrato da afirmação deste mundo machista e escravocrata.
Que tem em Temer o símbolo não apenas de um desastre, mas de um preconceito.
E da vitória do passado sobre o presente e o futuro.
http://www.brasil247.com/pt/247/brasil/284101/Tijola%C3%A7o-a-%E2%80%9Cdo-lar%E2%80%9D-%C3%A9-a-mulher-do-%E2%80%9Cmundo-Temer%E2%80%9D.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário