terça-feira, 7 de março de 2017

GOLPE GEROU DESCONFIANÇA E O INVESTIMENTO É O MENOR DA HISTÓRIA NO BRASIL

247 - Ao contrário do discurso oficial, que dizia que o impeachment da presidente eleita Dilma Rousseff traria de volta a confiança e os investimentos privados, ocorreu justamente o contrário.
O golpe, preparado por tucanos e peemedebistas em 2015 e executado em 2016, derrubou a atividade econômica, a demanda e a confiança, além de provocado explosão de desempregado. Ociosas, as empresas tiveram, no ano passado, a menor taxa de investimentos da história do País: 16,4%. É o menor resultado da série histórica do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística iniciada em 1996.
"Essa taxa caiu bastante nos últimos dois anos porque a gente teve duas quedas seguidas de mais de 10% no investimento. E, olhando por dentro dos componentes do investimento, houve queda em tudo. A construção, que pesa mais de 50% do investimento, é uma das atividades econômicas que mais sofreram com toda a crise que a gente está tendo. Além disso, a produção de máquinas e equipamentos caiu, e a importação também. Então, houve toda uma conjunção de fatores", disse a coordenadora de contas nacionais do IBGE, Rebeca Palis.
O resultado reflete diretamente na queda de 3,6% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2016. Principal componente do setor, a indústria da transformação deixou uma queda de 10,4% em 2015 para cair 5,2% em 2016.
Rebeca Palis disse também que os serviços continuam no mesmo patamar de queda e têm um peso de 70% na economia brasileira. A construção também manteve um desempenho negativo, tanto na parte imobiliária quanto na de infraestrutura, muito dependente de recursos públicos.
http://www.brasil247.com/pt/247/economia/283724/Golpe-gerou-desconfian%C3%A7a-e-o-investimento-%C3%A9-o-menor-da-hist%C3%B3ria-no-Brasil.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário