segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Caso Moraes será levado também à Comissão de Ética da presidência

Moreira Mariz/Agência Senado Paraná 247 - A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) anunciou nesta tarde outra ação que será protocolada contra o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, esta junto à Comissão de Ética da Presidência da República.
Mais cedo, o líder da oposição no Senado, Lindbergh Farias (PT-RJ), informou que senadores entrarão com uma ação junto à Procuradoria Geral da República para pedir investigação contra Moraes.
As duas ações têm como objetivo pedir apuração contra o ministro por violação de sigilo funcional, uma vez que Moraes divulgou informação sigilosa da Lava Jato durante campanha eleitoral neste domingo, quando adiantou a membros do movimento Brasil Limpo que haveria mais uma operação nessa semana. O anúncio foi feito na cidade natal de Antonio Palocci, na véspera da prisão do ex-ministro.
A representação anunciada por Gleisi tem como base tanto o Código Penal quanto a Lei de Improbidade Administrativa. "Ele tinha uma informação que ele não poderia ter tornado pública, tinha que ter guardado como segredo. Além de ele saber de algo que ele não poderia ter sabido com antecedência, como afirma nota da Polícia Federal, ele inda divulgou", disse a senadora.
A representação é assinada por Gleisi, Humberto Costa (PE), líder do PT no Senado, e pelo deputado Afonso Florence, líder do PT na Câmara. Assista às declarações de Gleisi e confira abaixo a íntegra da representação:
EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DA COMISSÃO DE ÉTICA PÚBLICA DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA
MD. MAURO DE AZEVEDO MENEZES
http://www.brasil247.com/pt/247/parana247/257197/Caso-Moraes-será-levado-também-à-Comissão-de-Ética-da-presidência.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário