terça-feira, 24 de maio de 2016

Iuran Souza: Obrigado Jucá

FOTOS: Reprodução: O colunista do Favela 247 Iuran Souza, 21, morador do Guarapiranga, zona sul de São Paulo, agradece ao ex-ministro e senador Romero Jucá (PMDB-RR) por explicar a todos que esse impeachment é golpe: "Sabem quantas vezes eu tive que desmentir o Jornal Nacional no sofá de casa pra minha família e para meus amigos? Cerca de 6 mil vezes! Minha mãe, num legitimo ato de 'instinto materno' cogitava me internar: 'Depois da faculdade esse menino só fala de política, deve estar doente!”. Iuran conclui "A história mostrou dois lados, e como num ato de misericórdia da a chance aos que se enganaram de pular pro lado certo, o da democracia. E se ainda encontrarem quem “defende o indefensável” novo governo, não se estresse mais, ofereça seu riso. Adulto birrento não tem cura e nem juízo!"
24 de Maio de 2016 às 19:27
Por *Iuran Souza, para o Favela 247
Obrigado Jucá
Nós brigamos, ofendemos a mãe de amigos e parentes, saímos às ruas umas mil vezes durante esse processo de impeachment, lemos a constituição caçando as tais pedaladas, fizemos “textões” no Facebook pra convencer o “centrão” da internet, caímos de cara nos livros pra tentar entender como se da um golpe tão oportunista quanto esse... A gente fez de tudo Jucá, você não tem noção!
Sabem quantas vezes eu tive que desmentir o Jornal Nacional no sofá de casa pra minha família e para meus amigos? Cerca de 6 mil vezes! Minha mãe, num legitimo ato de “instinto materno” cogitava me internar: “Depois da faculdade esse menino só fala de política, deve estar doente!”, nem tiro a razão dela...
Devo confessar, pensei em desistir diversas vezes! Aposto que não fui o único, a cada reunião de amigos o desanimo sobre o assunto política estampava a nossa testa. Quando a palavra “golpe” mesmo em tom de piada surgia na conversa, o sentimento de luto chegava e acabava com o clima, rir do fim da democracia não parecia certo.
Mas aprendemos muito nos últimos dias, muito mesmo! Desde lidar com “proto-fascistas” a confiar na ignorância da oposição. A gente tentou deslegitimar esse governo, antes mesmo dele existir, e com apenas duas semanas da posse você acabou com o nosso trabalho.
A história mostrou dois lados, e como num ato de misericórdia da a chance aos que se enganaram de pular pro lado certo, o da democracia. E se ainda encontrarem quem “defende o indefensável” novo governo, não se estresse mais, ofereça seu riso. Adulto birrento não tem cura e nem juízo!
*Iuran Souza, 21, morador do Guarapiranga, extremo sul de São Paulo, estudou em colégio público a vida toda e é licenciado em geografia pela faculdade Ítalo Brasileiro. Jura ter mil gols e acha um absurdo pagar 20 reais pra cortar o cabelo.
http://www.brasil247.com/pt/247/favela247/234170/Iuran-Souza-Obrigado-Jucá.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário