segunda-feira, 23 de maio de 2016

GRAVAÇÃO DE JUCÁ É 1ª GRANDE BOMBA DO GOVERNO TEMER, DIZ IMPRENSA ALEMÃ

: Segundo o jornal alemão Deutsche Welle, "o episódio envolvendo Jucá ocorre em um momento delicado para Temer, que tenta aprovar reformas econômicas e garantir um bom relacionamento com o Congresso"; em outro trecho da matéria do DW, o analista político francês Garpard Estrada avalia que o novo episódio explicita que o "impeachment não resolveu nada"
23 DE MAIO DE 2016 ÀS 19:24
247 - O Deutsche Welle definiu como "a primeira grande bomba do governo Temer" a gravação que mostra Romero Jucá, homem forte do presidente interino, sugerindo um pacto para frear a operação Lava Jato. "Gravação eleva desconfiança sobre intenções do governo em relação à operação", reforça.
Segundo o jornal alemão, "o episódio envolvendo Jucá também ocorre em um momento delicado para Temer, que tenta aprovar reformas econômicas e garantir um bom relacionamento com o Congresso". "Considerado um negociador habilidoso, Jucá recebeu o ministério com a missão de encaminhar projetos do governo para melhorar as finanças públicas e aliviar a crise", completa.
Em outro trecho da matéria do DW, o analista político francês Garpard Estrada avalia que o novo episódio explicita que o "impeachment não resolveu nada". "A crise política continua. Fica claro que o problema não era só a corrupção do PT, mas o esgotamento de todo o sistema e a relação entre dinheiro e política. O Executivo de Temer é tão frágil como o de Dilma. Ele está dependente de pessoas como Jucá e precisa lidar com um Congresso fortalecido que quer enterrar a Lava Jato", diz o especialista.
Leia o texto do DW (em português) aqui.
http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/233977/Grava%C3%A7%C3%A3o-de-Juc%C3%A1-%C3%A9-1%C2%AA-grande-bomba-do-governo-Temer-diz-imprensa-alem%C3%A3.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário