terça-feira, 23 de setembro de 2008

Presos componentes de uma quadrilha que agia na região de Patos/Ce.




Por volta das 02:00 h do dia 22, segunda-feira, no Km 188 da BR 222, na altura da localidade de Patos, mais um ônibus de sacoleiros foi assaltado. Cerca de 48 pessoas, provinientes de Caxias - MA, com destino a Fortaleza, foram forçados a parar por causa dos pregos e grampos colocados na estrada, obrigando o ônibus a parar. Oito elementos anunciaram o assalto, obrigando o motorista, o Sr. Agnaldo Souza Barbosa, de 33 anos, natural de Caxias - MA, adentrar em uma estrada de terral e logo em seguida, foi feito um verdadeiro "rapa" aos passageiros e em seguida, foi alvo de um tiro de escopeta na boca, tendo morte imediata.
O Cel. Macedo, caiu em campo ( ou no matagal) e em 24 horas, trouxe para o xadrez da Delegacia de Policia Civil de Sobral, quatro elementos, pertecentes a tal gangue.
Para surpresa de todos, 3 dos componentes são de Sobral/Ce. Otacilio Silva Nascimento, do Bairro Alto do Cristo (sem profissão defenida). Jociel Alves Mateus, também do Alto do Cristo, Sobral/Ce. Airton Alves Filho, do bairro Pe. Palhano e Antº Valdir Pereira de Mesquita, natural de Jucás - Cariré.
Todos confessaram a participação nos vários assaltos, ali ocorridos e o autor do disparo que provocou a morte do motorista, ainda se encontra foragido. A Policia Militar, tendo à frente o comandante do 3º BPM, Cel. Macedo, ainda se encontra na região, no intuito de prender tal individuo, conhecido por "Edvar do Sangradouro". Também estão foragidos: Edim e um outro elemento.

Por: Lincoln Cavalcante.

Um comentário:

  1. Finalmente a verdade está aparecendo, como está escrito: "não há nada oculto que fique escondido por muito tempo". "A verdade vos libertará", estas frases norteavam minha mente, enquanto eu estive no cárcere, durante o período de 32 dias, fui acusado juntamente com mais quatro profissionais, pais de familia, com residência fixa, e eu com 15 anos de serviços prestados a Policia Militar, fui instrutor de defesa Pessoal de várias turmas de Soldados, trabalhei no Cotam, fiz o curso de operações especiais com o GATE(Fortaleza), em 2000. Conclui o curso de Cabo, tirando o 4º lugar na turma,acadêmico do Curso Ciências Sociais, e, contudo fui vítima do Estado, assim como os demais que não conseguiram suas absolvições, que são o meu Irmão José Edvar Félix Avelino e o Clerton Andrade. Mas, ainda acreditamos na justiça de Deus e do Estado, acredito no trabalho do nosso Comandante Senhor Cel. Macêdo, e esperamos neles a elucidação deste caso. Hoje, me encontro sobre tratamento psiquiátrico e tentando conduzir minha vida da mesma maneira que sempre vinha conduzindo, galgada nos preceitos da moral e da ética. Antes de falarem de mim, seria melhor me conhecerem.

    ResponderExcluir