quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Serra quer consulta popular na Venezuela, mas não no Brasil

: Em entrevista ao lado de líderes da oposição venezuelana, o chanceler interino disse que a Venezuela não é uma democracia; além disso, afirmou que, "ressurgindo a democracia, a Venezuela poderá contar com o Brasil para a sua reconstrução"; segundo ele, a grande maioria da população venezuelana defende a realização de um referendo no País, para afastar o presidente Nicolás Maduro; no Brasil, segundo pesquisa Vox Populi, 61% da população defende a realização de novas eleições diretas, mas Serra rechaça a soberania popular no Brasil; em sua carta aos senadores, a presidente eleita Dilma Rousseff se comprometeu com o plebiscito, mas Serra disse que o que vale para a Venezuela não vale para o Brasil; "muito complicado"; vídeo
247 – O que é bom para a Venezuela não é bom para o Brasil. Quem afirma é o chanceler interino José Serra.
Em entrevista ao lado de líderes da oposição venezuelana, ele disse que a Venezuela não é uma democracia, mas sim um regime autoritário.
Além disso, afirmou que, "ressurgindo a democracia, a Venezuela poderá contar com o Brasil para a sua reconstrução."
Segundo ele, a grande maioria da população venezuelana defende a realização de um referendo no País, para afastar o presidente Nicolás Maduro.
No Brasil, segundo pesquisa Vox Populi, 61% da população defende a realização de novas eleições diretas, mas Serra rechaça a idea de uma consulta popular no Brasil, como propôs a presidente eleita Dilma Rousseff em sua carta aos senadores.
http://www.brasil247.com/pt/247/mundo/250489/Serra-quer-consulta-popular-na-Venezuela-mas-não-no-Brasil.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário