segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Ilário questiona administração de Cid Gomes

O presidente estadual do PT, Ilário Marques, disse em entrevista ao programa Coletiva, que foi ao ar ontem à noite na TV O POVO, que chegou a hora de o partido discutir sua participação no governo Cid Gomes (PSB). "Acho que o modelo de desenvolvimento econômico tem a mesma matriz de governos anteriores", afirmou Ilário ponderando que seu partido tem trabalhado para modificar essa lógica dentro do Governo. "Fatalmente agora vai entrar em mais avaliações a questão do Governo do Estado", declarou observando que 2007 foi o ano para "arrumar a casa" e 2008 foi tomado pela agenda eleitoral.

A intenção é promover seminários em janeiro e em fevereiro do ano que vem para discutir a participação do PT na administração estadual. Segundo ele, a argumentação do próprio presidente estadual do PSDB, Carlos Matos, é que o governador tem gene do PSDB e que, por isso, Cid tem dado continuidade aos projetos da sigla no Ceará - comandado 20 anos por Tasso Jereissati (PSDB) e Lúcio Alcântara (ex-PSDB, atual PR). "É verdade", concordou Ilário avisando que sua sigla tenta mudar essa lógica.
O presidente petista afirmou que é preciso investir além dos projetos estruturantes que estão vindo para o Estado, como a siderúrgica e a refinaria. "Acho que tem que ter investimentos, no meu modo de ver, mais pesados, mais ousados, na educação, na saúde e na cultura." Ilário afirmou que a intenção não é reverter a lógica do desenvolvimento econômico dos últimos 20 anos em dois, mas sim "ter proposta para revertê-la". "É o tipo de coisa na política que você não pede licença, você põe o debate", disse. "Acho correto ir atrás de dinheiro, mas não acho correto ir atrás só disso", observou.

Por Wilson Gomes, informações O Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário