sexta-feira, 1 de junho de 2018

Pedro Parente pede demissão da Petrobras


Cerimônia de transmissão de cargo ao novo presidente da Petrobras, Pedro Parente


Shana Reis/GERJ

Brasil

11:32 01.06.2018(atualizado 13:38 01.06.2018) URL curta

21211

O presidente da Petrobras, Pedro Parente, pediu demissão do cargo na manhã desta sexta-feira (1º).

Parente está agora reunido com o presidente Michel Temer, no Palácio do Planalto, para negociar sua saída.

José Maria Rangel, coordenador geral da Federação Única dos Petroleiros (FUP)

© Sputnik / Solon Neto

Petroleiros suspendem greve de forma 'vitoriosa'

O anúncio da demissão de Parente ocorre após os dez dias de paralisação dos caminhoneiros que tinha como pano de fundo a política de reajustes de preços da companhia sobre os combustíveis, que passaram a seguir as flutuações do mercado.

Em comunicado enviado ao mercado financeiro, a Petrobras informou que o um presidente interino será escolhido via conselho de administração da estatal ainda nesta sexta-feira. A saída de Parente não afetará a composição da diretoria.

Parente passou os últimos dias se dedicando a defender as mudanças na política de preços da Petrobras. Ele promoveu duas teleconferências com analistas e gravou vídeos para rebater os argumentos da FUP (Federação Única dos Petroleiros) e convencer os funcionários de que a política de flutuação é melhor para empresa.

Fonte: https://br.sputniknews.com/brasil/2018060111364935-pedro-parente-demissao-petrobras/

Nenhum comentário:

Postar um comentário