quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

XXII ENCONTRO DOS PROFETAS DA CHUVA EM QUIXADÁ.


Cruz. Dia 13, os Profetas da Chuva estiveram reunidos em Quixadá, Terra dos Monólitos, do Açude Cedro, da Pedra da Galinha Choca e de Raquel de Queiroz, para realização do XXII Encontro dos Profetas da Chuva, quando são apresentadas as profecias populares para a quadra invernosa de 2018. clip_image002

O encontro aconteceu no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará – IFCE – Quixadá e contou com a participação de 23 profetas.

clip_image004

Este evento é uma promoção da Associação dos Filhos e Amigos de Quixadá e do Instituto de Violas e Poesia do Sertão Central e está na vigésima segunda edição. XII Encanta Quixadá – Festival de Cantoria 2018. Segundo os profetas, são experiências que passam de geração em geração, quando os filhos deram continuidade as realizações de experiências que aprenderam com seus ancestrais e procuraram preservar esta tradição observando os astros, o clima, as plantas, animais e outros fenômenos naturais que, segundo a tradição popular, são indicativos da intensidade das chuvas que irão ocorrer na região durante o período de inverno.

clip_image006

Os Profetas fizeram a abertura do evento com um momento de oração e silêncio em homenagem aos Profetas que participavam do evento e já faleceram.

clip_image008

Durante todo o evento, houve momentos culturais com a participação dos cantores de Quixadá, dentre eles o cantor Valter Ramalho, a menina sanfoneira Deisielle do Município de Ocara e repentistas.

clip_image010

clip_image012

O Profeta Chico Leite (Francisco dos Santos), 79, natural de Quixadá, começou a fazer suas experiências aos seis anos de idade, observando os relâmpagos, a barra da passagem do ano, a direção dos ventos, o brilho do Sol, as pedras de sal, em treze de dezembro, e o pôr do Sol por trás de uma torre em 18 de outubro. Afirma que teremos um ano melhor que os anteriores, com início das chuvas em janeiro e vai até o mês de junho, pois, a luz do Sol com pouco brilho é um bom sinal.

clip_image014

O Profeta Titico Baio (Francisco Acelino do Rego) é da Comunidade de São Miguel em Quixeramobim e tem suas experiências focadas em datas observando o clima de uma hora da madrugada até meia noite, nos dias 7, 17 e 20 de setembro; 08, 18 e 28 de outubro. As observações feitas nestas datas prenunciam as chuvas correspondentes aos meses de janeiro, fevereiro, março, abril, maio e junho, do ano de 2018. Prever pouca chuva e muito sol para o período de 15 de fevereiro a 15 de março. Para a segunda quinzena de março, até o mês de junho, prever boas chuvas e açudes armazenando bastante água. Já o Profeta Erasmo Barreira, de Quixadá, disse que participa do encontro há 09 anos e tem sido bastante assertiva as suas profecias que se baseia nas abelhas, formigas de roça, árvores e nos Ventos do Aracati, do dia 21 de outubro, quando faz um fogo para observar a direção dos ventos, que quando fica mudando de direção (embaralhado) não é bom sinal. Acredita em um bom inverno, segundo as suas observações, a partir de 20 de fevereiro. O Profeta Renato apresentou a experiência da Garrafa com água na fogueira e indicou bom inverno.

clip_image016

Renato Lino de Souza, Natural de Quixadá, concentra suas observações nas plantas da Caatinga e nas aves e cupins. Ele acredita em um bom inverno e mostrando um pedaço de galho da catingueira, descreve as características que são sinais de um bom inverno. Segundo sua experiência, quando a catingueira apresenta a casca lisa e limpa é sinal de bom inverno.

clip_image018

José Airton Araújo, de Quixadá, prever uma quadra invernosa igual a do ano passado. O pesquisador Luiz Gonzaga, de Camocim, que se baseia nas imagens de satélite, só prever chuva mais intensa a partir do final do mês de fevereiro. O Profeta Dedé Rufino, do Município de Madalena, prever pouca chuva para os meses de janeiro e fevereiro. Ele diz que só ver chuvas mais intensas para o mês de março. O Profeta Odontólogo Paulo Costa fez previsão de um bom inverno e anunciou um período de dez anos sem seca e citou o período de 1959 a 1969, quando os planetas Júpiter e Vênus encontram-se alinhados, fenômeno que se repetiu para aproxima década, e encerrou suas profecias declamando a Poesia da Umbelina. A Profetisa Lurdinha, 80, filha de profeta, prever bom inverno a partir de 08 de março. Usa as experiências das pedras de sal e barra do Natal. Aconselha que os agricultores aproveitem as primeiras chuvas.

clip_image020

Várias autoridades, políticos, repórteres, jornalistas e locutores das principais emissoras de rádio, jornal e televisão do estado estiveram presentes para acompanhar, de perto, as previsões climáticas sobre as chuvas para o ano de 2018.

clip_image022

Cada ano, uma personalidade é homenageada durante o evento. Este ano, o escolhido foi Secretário do Estado Elcio Batista da área da cultura. clip_image024

Sobre o que disseram os profetas, observa-se que há muitos pontos em comuns, mas, também, há divergências em suas afirmações, embora, todos afirmem a autenticidade de suas previsões. A maioria prever uma quadra invernosa superior aos anos anteriores, com mais água para os açudes e uma boa colheita. Quanto ao início da quadra invernosa, não há consenso, pois, as datas mais citadas é o início da segunda quinzena dos meses de janeiro fevereiro e março.

Dr. Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário