quarta-feira, 9 de novembro de 2016

CRIVELLA AMEAÇA PARCERIAS DA PREFEITURA DO RIO COM A GLOBO

Fernando Frazão/Agência Brasil Rio 247 - Os conflitos entre as Organizações Globo e o prefeito eleito do Rio, Marcelo Crivella (PRB), pode afetar as parcerias existentes entre a empresa e o município. Nos oito anos da gestão de Eduardo Paes (PMDB), o grupo de comunicação atuou nas áreas de educação, cultura e eventos da cidade. O Grupo Globo recebeu, no período, R$ 132 milhões da prefeitura por meio da Fundação Roberto Marinho e da Infoglobo, sem incluir pagamentos por publicidade, diz reportagem da Folha de S.Paulo.
"A continuidade das parcerias depende de Crivella, que chamou a emissora de TV do grupo de "inimiga jurada" de sua candidatura.
Por trás do conflito há a disputa entre Globo e Rede Record, ligada à Igreja Universal do Reino de Deus, da qual o prefeito eleito é bispo licenciado.
De janeiro a setembro de 2016, a Globo tem ficado na liderança de audiência no Rio, com média diária de 17,9 pontos (cada ponto, na Grande Rio, equivale a 116,3 mil espectadores individuais).
Entre os canais de TV aberta, a Record fica em em segundo lugar com 6,9 pontos e o SBT em terceiro, com 6,7.
O prefeito eleito atribuiu à concorrência entre as emissoras o que chamou de "dilúvio de infâmias" –reportagens críticas a seu respeito.
No dia seguinte à vitória, o prefeito eleito concedeu entrevista à Record pela manhã e foi ao estúdio do SBT no início da tarde. Pela primeira vez em muitos anos a TV Globo não exibiu uma entrevista ao vivo com o prefeito eleito.
A escolha inicial pode se refletir também na disputa por verbas de publicidade.
A prefeitura não divulga a distribuição por emissora, mas a Folha apurou que a Record não recebeu nada dos R$ 86 milhões pagos em publicidade neste ano.
No ano passado, foram apenas R$ 4,5 milhões dos R$ 105,4 milhões gastos, enquanto a TV Globo teve cerca de R$ 23 milhões."
http://www.brasil247.com/pt/247/rio247/264567/Crivella-amea%C3%A7a-parcerias-da-Prefeitura-do-Rio-com-a-Globo.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário